Vida, batalhas e uma guerra

A vida é simples assim.
Um dia está seguindo seu rumo, como o esperado, como te ensinaram que ela seguiria
No outro dia, ela pode simplesmente parar, acabar ou virar de cabeça para baixo.

Se ela, pára ou acaba. Não temos mais o que fazer.
Mas se ela simplesmente vira de cabeça pra baixo, aí é que o desafio se mostra pra gente como uma muralha. Para uns pequena, quase uma cerquinha. Para outros, grande, enorme, quase da China.

Muitas vezes me achei forte e tantas outras me senti franca.
Quando tudo virou de cabeça pra baixo, senti uma ponta de fraqueza para logo em seguida resolver ser forte.
Errei quando achei que seria sempre assim: Forte!

Não, há momentos em que as pernas não nos obedecem. Em que achamos que tudo está pesando demais nas costas. Quando é só uma coisa, é só uma luta, só uma batalha. Mas quando vira uma guerra, com uma batalha de cada lado, fica difícil decidir em que frente lutar primeiro.

O que é mais importante? Qual luta enfrentar primeiro?
Ainda estou me decidindo!

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário