A Diabetes e o fim de semana

Olá, pessoal

Eu sempre falei aqui de como é importante observar como o próprio corpo reage a determinadas coisas.
Pois bem, cheguei a uma conclusão: minha Diabetes gosta de fim de semana como eu!

Certa vez, comentei com a Nicole como eu sinto a necessidade, às vezes, de dar uma relaxada com os cuidados. Normalmente escolho os domingos para isso. É o dia da semana que eu mais durmo e menos como, então na maioria das vezes eu não tomo insulina. É claro, que vou sempre acompanhando, faço as medições e se sobe demais faço as devidas correções rapidamente.

Mas tenho percebido que as glicemias tem sido boazinhas mesmo nesses meus dias de rebeldia.

Como exemplo vou falar sobre ontem.
Depois de uma baita festança no sábado, acordei com 125. Pra mim, é um número bom porque fui dormir mais tarde, comi e bebi de madrugada e talz.
Comi uma banana e meio sanduíche de queijo com presunto. E não tomei a insulina.
Eu até teria tomado, mas ia passar em Aparecida do Norte com a minha família e aí já viu: muita, muita caminhada.

No almoço, depois de 1h30 de caminhada minha glicemia estava 96. Comi normalmente, com arroz e feijão, além de salada e frango cozido. Duas horas depois do almoço e de meia hora de caminhada a glicemia estava em 173. Um tequinho mais alta que o normal, mas ótima pra uma diabética que não tinha tomado nem uma unidade de insulina.
Eu não fiz os lanches da tarde e só fui jantar. Antes do jantar: 99!
Jantei salsicha e purê de batata (umas três colheres de sopa cheia), além de vinagrete, ketchup e mostarda.
E duas horas depois: 141!

É claro que hoje ela acordou mais alta (135) e aí eu paro de me rebelar e volto a ser a menina super certinha de novo.
Mas é bom esse tempinho que eu consigo às vezes dar pra mim mesma. E ainda bem que meu corpo e a Diabetes me dão uma ajudinha.

Bjinhus

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário