A Páscoa está chegando... E aí?

Era para ter escrito esse post há alguns dias, mas a correria de sempre não me permitiu, infelizmente. Mas ainda está em tempo. Desde que me descobri diabética, em épocas de Páscoa sempre ouço as mesmas perguntas. Foi assim no ano passado e está sendo igual esse ano.

- E aí, vai comer chocolate?
- Tem que ser diet, né?
- Deve ser triste ser diabética numa época como essas, hein?

É Brasil, eu nem fico brava. As pessoas realmente não sabem o que fazer e deve ser difícil pra elas ter que fazer perguntas assim... Pelo menos, eu prefiro pensar assim... hehehehe

Bom, então esse post é pra responder essas perguntinhas.

1) Sim, eu vou e eu posso comer chocolate. Primeiro, porque minha diabetes está super controlada. Segundo, porque sei as quantidades que posso comer. Sem abuso, os diabéticos podem muita coisa.

2) Não, não tem que ser diet. Algumas pessoas diabéticas tem mais problemas quando ingerem açucar, mas são uma minoria. No geral, diabético controlado e, principalmente, os que fazem contagem de carboidratos não só podem como deveriam comer o chocolate normal mesmo.

Aí você me dá um grito: SÉRIOOO??? Seríssimo. E eu explico aqui o porquê.

Primeiro, não é porque o chocolate é zero que ele não vai interferir na sua glicemia, isso porque não é só o açucar branco como conhecemos que intere na pobrezinha, mas sim todo o carboidrato que ingerimos. E vou te contar, amiguinho, a maioria das coisas que comemos tem carboidratos. Por isso, eu optei pela contagem de carboidratos.

Há vários tipos de tratamento com contagem de carboidratos. Eu uso a contagem para substituição, ou seja, tenho um valor fixo para cada refeição ou lanchinho e como o que preferir dentro desse valor. Num lanche da tarde, por exemplo, eu posso ingerir até 20g de CHO (carboidrato), o que é igual a 1 banana + 1 iogurte light ou duas bolachas trakinas de chocolate.

Com a contagem, o que eu não posso é ultrapassar esse valor. E vale ressaltar que se eu ficar comendo trakinas todos os dias vou engordar e engordando fica mais difícil controlar a glicemia. Então as escolhas devem ser bem dosadas.

Diante disso, quando escolho o que comer levo em consideração a quantidade de carboidratos que ele tem e também a quantidade de gorduras. DE GORDURAS???, você pergunta gritando de novo. Sim, meu amigo, uma porcentagem da gordura também acaba virando açúcar no sangue. Demora umas horinhas a mais, mas também vira. Sem falar, que quanto mais gordura tem um alimento mais você pode engordar. E engordando fica mais difícil controlar a glicemia. Ufa!


E eu falei tudo isso só pra dizer que ao contrário do que parece os chocolates diets tem quase a mesma quantidade de carboidratos do que os normais. Com a diferença, que os diets tem muito mais gordura e acabam sendo mais calóricos, portanto acabam engordando mais. É, tá chocado? Não fica não.

O importante é sempre olhar o rótulo e comparar, na maioria das vezes vale mais comer o normal mesmo. E é o que eu faço, respeito a quantidade de CHO que eu posso comer e os horários de comer.

3) E não, não é triste ser diabética na Páscoa sabendo todas essas coisinhas acima. Pra quem não sabe, deve ser realmente complicado, então o negócio é correr atrás e se informar.

Espero que tenham gostado e aproveitem a Páscoa com muita parcimônia!

Bjinhus

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário