[IDF Atlas Diabetes] A pandemia de diabetes só cresce...


Olá, pessoal

Esse mês a IDF (Federação Internacional de Diabetes) divulgou a Sexta Edição do Atlas de Diabetes. É um levantamento dos últimos fatos e números sobre a pandemia de diabetes no mundo. É pessoal, já é uma pandemia!!!

Como estamos no Brasil, nada mais justo do que nos analisarmos, certo? Preparados?



Atualmente, o mundo tem 382 milhões de pessoas com Diabetes. Em 2035, a expectativa é que sejamos 592 milhões. O número de pessoas com diabetes tipo 2 (aquela causada por maus hábitos como sedentarismo e obesidade) está crescendo em todo mundo. Dos 382 milhões, 175 milhões sequer sabem que tem a doença. 

5,1 milhões de pessoas morreram por complicações da Diabetes em 2013, ou seja, uma pessoa morre a cada seis segundos. Mais de 79 mil crianças desenvolveram a doença em todo o mundo durante o último ano. E foram gastos pelo menos US$ 548 bilhões em despesas de saúde.


Focando mais em Brasil, estamos dentro da bolinha laranja chamada SACA, ou seja, América do Sul e Central. Segundo os dados, o número de pessoas com diabetes nessa região vai aumentar 60% até 2035.


Somos o quinto país no mundo em casos de diabetes, somando 11,9 milhões de pessoas.


E estamos em sexto lugar no ranking de países que mais tiveram mortes em 2013. No total, foram perdidas 124.687 vidas.



E por fim, mas pra mim o dado mais importante, o valor gasto por ano por paciente com diabetes. No Brasil, foram gastos US$ 1.477. Só para se ter uma ideia: um paciente com diabetes tipo 1 que tenha um tratamento padrão com basal e ultrarápida e que faz de quatro a seis medições por dia gasta em média R$ 800 por mês. O que daria R$ 9.600 por ano. Ou seja, uns US$ 4.100. 

Com esse mísero valor gasto por ano por pessoa somos o número 42 no ranking de países que mais gastam com diabetes no mundo. Nossa bolinha, ali em cima, é do mesmo tamanho de muitas bolinhas na África, por exemplo. E somos do G8 economicamente falando...

Eu sempre falei aqui do quanto acho mais importante investir no tratamento preventivo de sequelas do que em tratar as consequências. Mas parece que o governo vai sempre preferir pagar hemodiálises e transplantes do que remédios melhores para os diabéticos. Enquanto isso vamos esperar????

NÃO! Vamos fazer barulho! Vamos compartilhar informações como essa no twitter marcando o @minsaude e o @padilhando pedindo sem parar o @atualizaSUSdiabetes e ter esperança. Por que nós merecemos mais! E não devemos ficar calados!

Fonte:
International Diabetes Federation. IDF Diabetes Atlas, 6th edn. Brussels, Belgium: International Diabetes Federation, 2013. http://www.idf.org/diabetesatlas 

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário