4 exames que todo diabético deve fazer

Ter diabetes é se cuidar sempre para evitar as complicações que podem surgir. Um bom controle junto com boa alimentação e atividades físicas ajudam a manter as glicemias dentro do esperando por tempo prolongado. E isso é que é importante no final das contas: manter-se bem controlado pelo maior tempo possível. Todo mundo tem suas "recaídas" e, às vezes, sai da linha, mas o importante é voltar rápido para o bom controle.

Mas só esses três passos não bastam, é importante também fazer os exames regulares, pois só eles te mostram como anda realmente o seu controle e ainda ajudam a diagnosticar complicações em estágios iniciais, o que facilita o tratamento das mesmas.

Vamos a alguns exames que é importante sempre fazer. Se seu médico nunca pediu, vale uma cutucada e uma cobrada!

1. Hemoglobina glicada (ou hemoglobina glicosilada ou A1C): mostra como anda o seu controle nos últimos três meses. Como? Ele mede o quanto de glicose tem nas hemoglobinas. Esse aqui não tem como enganar, pois depende do cuidado tomado em três meses. Deve ser feito trimestralmente  (óbvio, né) e o resultado deve ser menos de 7%.

2. Fundo de olho: verifica as veias dos olhos para ver se está tudo ok, isso porque o aumento da glicose pode "entupir" essas veias, o que pode deixar as pessoas cegas. O exame deve ser feito anualmente.

exames, laboratório, diabetes
© photl.com

3. Urina 24 horas: aquele em que você fica um dia inteiro fazendo xixi em uma garrafa. É importante para testar o funcionamento do rins e verificar se não tem albumina na urina, ou seja, se há ou não risco para o desenvolvimento de doença renal. Deve ser feito pelo menos uma vez ao ano. O ideal é que seja coletado a cada seis meses.

4. Perfil Lipídico: são os exames de colesterol total, HDL, LDL e triglicérides, ou seja, exames que acompanham os níveis de gordura e proteínas transportadoras de gordura no sangue. Devem ser feitos a cada seis meses ou pelo menos uma vez por ano também, já que as pessoas com diabetes tem maiores chances de desenvolver problemas cardiovasculares.

Se seu médico nunca pediu esses exames, vale uma chamadinha de atenção. Peça para ele, não tenha vergonha!

Fontes: 
http://www.medicinanet.com.br/m/conteudos/acp-medicine/5484/complicacoes_do_diabetes_melito_%E2%80%93_samuel_dagogo_jack.htm?
http://blogbiotecnica.ind.br/blog/2011/04/microalbuminuria-e-a-funcao-renal/
Tenho Diabetes tipo 1, e agora? - Mark Barone

Luana Alves

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

2 comentários:

  1. A diabetes é muito perigosa mesmo. Temos que estar atentos a todo e qualquer sintoma que possamos ter. Se não for tratada de início, pode ser um mal irreversível.
    Para isso, a alimentação saudável é mesmo essencial para uma vida sem preocupações. Quando comemos bem, evitamos muitos problemas ligados a saúde, como a diabetes.
    Trabalho na Medlevensohn, uma empresa voltada para esse mercado, e posso afirmar que uma alimentação balanceada é a chave para a saúde – mental e física – do seu corpo.
    Parabéns pelo post, é muito importante mostrar isso para as pesssoas!

    ResponderExcluir