[SP Notícias] Programa desenvolvido pelo Icesp diminui em 90% a ida de pacientes diabéticos ao PS

Olha só que notícia bacana esse projeto desenvolvido pelo Instituto do Câncer com diabéticos. Resume bem o que eu sempre falo por aqui, os diabéticos precisam de conhecimento e um bom acompanhamento!

Programa de orientação e monitoramento inédito desenvolvido pelo Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) e pela Faculdade de Medicina da USP, realizado pelo serviço de endocrinologia do Icesp, reduziu em 90% a procura de pacientes com câncer e diabéticos ao setor de pronto-atendimento do hospital.

Muitos pacientes com câncer apresentam nível glicêmico descompensado devido aos efeitos adversos causados por quimioterápicos e, por isso, precisam de um controle rápido para continuar o tratamento oncológico. Uma equipe multidisciplinar trabalha de forma continuada no monitoramento individualizado de cada paciente. O programa evita, assim, interrupções ou atrasos do tratamento causado por descontrole glicêmico.

Faz parte do atendimento orientar sobre o automonitoramento glicêmico em casa e sobre a realização de ajustes nas doses de medicação. Os pacientes interagem com a equipe médica semanalmente, via e-mail. A orientação é feita por um enfermeiro referência, de forma didática, com ilustrações, demonstrações teóricas e práticas, para orientá-los até sobre alguns mitos do procedimento de aplicação da insulina.

Após 30 meses da implantação, 361 pacientes foram atendidos, dos quais 185 mulheres e 176 homens, com idade média de 62 anos. Dos pacientes encaminhados pelo controle pré-operatório, nenhum teve a cirurgia adiada por nível glicêmico inadequado. Antes da intervenção do grupo, 40 pacientes compareceram ao pronto-socorro e, depois, apenas quatro, o que representa redução de 90%.

Do Portal do Governo do Estado

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário