Ano Novo, metas novas... Ou nem tão novas assim!

Mais um ano que começa e, depois de uns dias de descanso (do blog, não da vida que anda bem corrida), aqui estou eu para lançar o desafio... A mim mesma e a quem mais quiser entrar nessa. Um ano novo mais focado! Quem vem?


Olhando assim nem parece  tão difícil, né? Mas eu ainda tenho algum tipo de dificuldade com cada item desses e é neles que eu quero focar e melhorar em busca do último e mais importante: melhorar a glicada!

Comer melhor

Comer melhor é quase uma promessa. Eu como bem, mas peco em algumas coisinhas. A primeira da lista eu já estou implementando, tenho me alimentado com mais coisas integrais no café da manhã e no almoço, horários em que fica mais fácil escolher melhor já que em casa as coisas não são tão simples. Então eu tenho comido pão integral e arroz integral diariamente!

Também já inclui mais frutas, pelo menos duas por dia, e leite, que nunca bebia. Optei pelo Molico que tem uma boa quantidade de cálcio e é fácil de misturar com água fria. Não tem nada a ver com a diabetes, mas é importante tomar. Também estou diminuindo o doce. Por mais que a contagem de carboidratos permita isso, percebi que no ano passado dei uma exagerada e nem sou tão assim de açúcar, então bora minimizar.

Tenho assistido um programa muito legal que passa na Sony chamado "Comer bem, que mal tem?". Lá o especialista em nutrição e gastronomia funcional, Flávio Passos, dá dicas bacanas e receitas que parecem bem apetitosas Vale a pena conferir!

Mais atividade física

Essa está na lista das promessas velhas. Todo ano que começa eu prometo me exercitar mais, começo bem e acabo embolando o meio de campo. Então bora tentar de novo!

Agora coloquei metas mais realistas e possíveis. Primeiro, ir pelo menos duas vezes por semana na academia. Nas duas primeiras semana, eu cumpri! Essa última semana fui uma vez só, porque peguei um baita resfriado e fiquei bem mal. Mas já estou melhor e semana que vem volto com tudo!

Outra meta é participar de uma corrida de 5K. E estou treinando. Sai dos iniciais 1,2K e já consigo chegar no 3,5K. Estou usando um aplicativo chamado Move.Me, do Move Brasil, que tem ajudado bastante. Com treinos semanais, você vai aumentando o seu condicionamento. O objetivo final, que deve ser alcançado em nove semana, é conseguir correr 5k ou 30 minutos. Acho que agora vai!

Glicemias menores de 180

Essa é das mais difíceis, porque sempre tem algo que atrapalha. Mas eu defini três coisas que no meu caso eu acredito que possam ajudar.

Antes de mais nada, medir todas as vezes necessárias. Eu sou esquecida. Como e esqueço de medir depois. Acordo esganada e saio logo comendo, depois lembro que tinha que ter medido. Sem medir, não tem como saber como a glicemia está e nem como agir para mantê-la dentro dos parâmetros necessários.

Aí vem o passo 2, sempre corrigir. SEMPRE! Vira e mexe vê um 200 e pouco depois de comer e não corrige achando que até a hora de comer de novo terá baixado. Aí chega pra comer com 190. Ou seja, tudo errado. Temos que usar as medições a nosso favor, usando as insulinas para manter tudo dentro do esperado.

E por último, não pular basal. Ok, provavelmente só eu faço isso. Mas em dias em que eu não como muito e durmo muito, como domingo, eu pulo a basal e tento controlar só na ultrarrápida. Conclusão: nem sempre dá certo. Então esse ano quero parar de vez com esse péssimo hábito. Sempre comendo e sempre aplicando a basal.

Glicada menor de 7%

E o mais importante de todos os objetivos desse ano: baixar a glicada. A última deu 7,8%. Então até o final desse ano quero um 6,9%. Não acho que a glicada defina se um tratamento é bom ou não, sei que ela não leva as variações diárias em relação, sei que ela também não entende as minhas particularidades e tudo o mais.

Mas é por meio dela que eu visualizo se posso melhorar e se melhorei. É o único exame que para mim mede a realidade do meu tratamento no longo prazo. Então tenho sim como um objetivo! E vou alcançar!


E assim eu entro nesse 2016, cheia de planos e coisas para colocar em prática. E você? Quais são os seus objetivos???

Até a próxima!

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário