2ª Sexta-Feira Azul: Dia Mundia do Diabetes


Você deve estar se pergunta: cadê a primeira??? Ok, desculpa, eu viajei e não tive como postar nada. Na correria, acabou ficando para lá, mas prometo que hoje eu compenso!


Como alguns já sabem as sextas azuis são uma maneira de divulgar o combate e conhecimento com relação ao Diabetes. Essa aqui sou euzinha. Diabética DM 1 há 11 meses (sim sim, já vou fazer niver de Diabetes) e seguindo um dia de cada vez...


Essa aqui é a da sexta passada, comprovando que eu usei azul, mas não tive como postar... hehehehe
Essa é a de hoje!!!
Esse aqui é o meu namorado, o Luiz Paulo, que me ajudou muito desde o comecinho mesmo a gente tendo apenas alguns meses de namoro!



E esses aqui embaixo são alguns amigos que gostaram da ideia e resolveram participar. Olha que bacana:

Tia Marlene Capellari (azul até nos sapatos!!!)


Karlinha Raphaelle

Thiago Massei
Gisele Capellari

Diego Freitas

Marcus Vinicius

Camila Ferraz

E conforme o prometido, a sexta azul tem que ser também educativa. Lição de hoje: Você sabia que há diferentes tipos de diabetes?

O que é Diabetes

Doença que aumenta a quantidade de glicose no sangue. Ela se manifesta quando o organismo não consegue utilizar os nutrientes (derivados de carboidratos, proteínas e gorduras), provenientes da digestão dos alimentos, para produzir energia e mover o corpo ou para armazená-los nos em órgãos como o fígado, músculos e células gordurosas.

Uma de suas causas é a deficiência do hormônio de insulina, que atua como uma espécie de mensageiro químico, produzido no pâncreas. Ele é liberado no corpo e atua em partes distintas do organismo. Nos quadros de diabetes tipo 1 o organismo não consegue produzir insulina. No tipo 2, geralmente há uma combinação da deficiência parcial da produção e uma resposta reduzida do corpo ao hormônio, o que é denominado de resistência à insulina.

Fonte: Entendendo a Diabetes – Para Educação do Paciente – Janet Worley Norwood e Charles B. INlander. Julio Louzada Publicações.

Tipos

Diabetes Tipo 1
As pessoas com diabetes tipo 1 (DM1) não produzem insulina (hormônio produzido pelo pâncreas que ajudar o corpo a usar ou armazenar a glicose dos alimentos). O tratamento é feito com injeções de insulina.

Metade de todos os casos de DM1 aparece na infância ou no início da adolescência.

Diabetes Tipo 2
As pessoas com diabetes tipo 2 (DM2) produzem insulina, mas, por algum motivo, as células em seus corpos são resistentes à ação da insulina ou não produzem insulina suficiente. Em todos os tipos de diabetes, se a glicose não consegue entrar nas células e tecidos que necessitam dela, ela se acumula no sangue.
Geralmente, os casos de diabetes tipo 2 se desenvolvem na vida adulta.

Diabetes Gestacional
É caracterizado por altas taxas glicêmicas ocorridas em gestantes que não têm diabetes. Surge entre a 24ª e a 28ª semana de gravidez, período em que o organismo está produzindo grandes quantidades de hormônios para ajudar o desenvolvimento do bebê. Acredita-se que esses hormônios bloqueiem a insulina. Assim, quando algo no organismo impede a insulina de desempenhar sua função, caracteriza-se uma resistência à insulina.

Na maioria dos casos, o organismo produz insulina suficiente para superar essa resistência, mas, quando isso não acontece, as mulheres têm diabetes gestacional.

A mulher corre maior risco de ter diabetes gestacional se um ou mais dos fatores abaixo estiver presente:

    * 25 anos de idade ou mais;
    * Estiver acima do peso;
    * Histórico familiar de diabetes;
    * Origem hispânica, indígena americana, afro-americana, asiática ou originária das ilhas do Pacífico (para habitantes dos Estados Unidos);
    * Ter dado à luz um bebê de peso igual ou superior a 4,5kg.

Fontes: Guia Completo sobre Diabetes da American Diabetes Association. Rio de Janeiro: Anima, 2002.

Diabetes de A a Z - Tudo o que é preciso saber sobre diabetes - de forma simples. Associação Americana de Diabetes. Rio de Janeiro: Anima, 2006.

Bom, é isso! Espero que vocês tenham aprendido algo... E sexta que vem tem mais! :)

Bjinhus

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

2 comentários:

  1. Luana, adorei seus amigos! rs... E menina 11 meses já!!! Como passa rápido o tempo! E eu que pensei que eram alguns meses...rs...Bj!

    ResponderExcluir
  2. É, Dani, o tempo voa!!! Nem eu acredito! Em dezembro eu completo um ano!!

    ResponderExcluir