Visita a endócrino

É, eu estava devendo um post, afinal não é todo mês que se vai na médica, então tem que relatar...

Quinta passada, foi o Dia D... Eu acho a ida a endocrino mais Dia D do que o próprio resultado da glicada. Gosto de pesar e fazer todas as outras coisinhas importantes como conversar sobre a dieta e sobre a medicação, possíveis mudanças que talvez tenha que fazer e por aí.

Mas, graças a Deus, continuo indo bem!!!
A glicemia de jejum tinha dado 58 e a glicada 6,1%. O que ela achou ótimo e maravilhoso, mesmo com a hipo exagerada por causa do jejum e da caminhada que eu tive que dar pra achar o laboratório que tinha mudado de endereço.

Já a microalbuminuria deu acima do normal. Teria que dar no máximo 20 microgramas e acabou dando 32. Como no dia que eu terminei o exame, é aquele que tem que colher todo o xixi por 24 horas, acabei ficando menstruada, ela acha que é por isso que deu a alteração. E pediu pra eu refazer daqui a três meses. Na outra vez que fiz, há um ano atrás, deu 6, um número bem dentro do normal, portanto é difícil que seja realmente algum problema nos rins.

A pressão arterial estava ótima (10/6), o coração batendo direitinho e perdi dois quilos. Agora faltam só quatro pros tão desejados 62 quilos. Eu chego lá!

Ela elogiou meus controles e como sempre adorou a planilha! Disse que eu sou uma paciente exemplar, super cuidadosa e controlada. E que sou perfeita pra usar a bomba, já que essa exige bastante disciplina também. Quem sabe no futuro, né?

Sobre o tratamento continuo com a NPH, com a Humalog e com o Glifage XR 500. Discutimos mudar as dosagens por causa da troca do anticoncepcional (tô com um cisto no ovário esquerdo e com policístico no direito, além de uns cistos nas mamas), mas ela disse pra observar e ver se muda mesmo alguma coisa. Vai fazer um mês que estou com o anti novo e até agora está tudo numa boa com as glicemias, espero que continue assim.

Ah, só para explicar: o anticoncepcional pode provocar resistência a insulina, ou seja, a dose que eu tomo poderia não ser tão eficiente, por isso a preocupação...

Bom, mas nem tudo são flores. Acabei tomando uma bronquinha. Ela me cobrou mais cuidados com os meus pé. Primeiro, porque meu sapato estava um tanto apertado. E depois porque ela percebeu que continuo fazendo as unhas (tirando cutícula e etc) e disse que mesmo com as glicemias controladas não é recomendável. O ideal é ir numa podóloga a cada 50 dias. Vamos ver se eu tomo vergonha na cara... É que eu adoro unha do pé feitinha... :(

Bom foi isso! Continuo na luta... sempre...

Bjinhus

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário