A Miss Idaho e sua bomba de insulina

Olá, pessoal

Como tem se falado sobre Sierra Sandison essa semana, não é? Isso tudo porque a jovem de 20 anos desfilou no concurso Miss Idaho com a bomba de insulina pendurada no biquíni. Sim, ela poderia ter tirado. Mas não, ela quis mostrar. E muita gente tem se perguntado o porquê.

Eu mesma questionei, por que será que ela quis desfilar com a bomba? Ela queria mostrar alguma coisa? Provar algo? Então fui atrás de mais informações sobre a moça e adorei tudo o que li.

miss idaho, sierra sandison, bomba de insulina, diabetes
Sierra desfilando no Miss Idaho com sua bomba de insulina

Em dois textos no site da organização do concurso (Defeating DiabetesI Am More), ela fala sobre diabetes e como resolveu mudar de postura com relação a doença.

Ela foi diagnosticada com diabetes em 2012 e viu seu mundo desmoronar. Sierra conta que no começo não aceitou e não se cuidou nem um pouquinho... Chegando a ter hipers e a ficar realmente doente. E diz que ainda em 2012, tentou montar uma plataforma sobre diabetes para competir no Miss Magic Valley, mas como nem ela mesma entendia o que era diabetes, acabou perdendo...

Depois de conversar com outras pessoas, a modelo decidiu se cuidar melhor e aprender mais. Foi aí que tudo mudou e ela conseguiu ganhar o Miss Magic Valley 2013. Ela fez um projeto de acampamento para crianças com deficiência, isso porque ela percebeu que a diabetes em si não era o problema. Como ela mesma diz, todos tem obstáculos a serem enfrentados e vai de cada um vencê-los, de preferência se fortalecendo no processo e ainda impactando as pessoas que estão ao nosso redor. Ou seja, o problema era o obstáculo que a diabetes tinha se tornado para ela...E que era só um obstáculo. Aceitar isso a ajudou muito.

Sierra comemorou sua vitória nas redes sociais

Mas a ideia de desfilar com bomba não foi exclusiva dela não. Sierra afirma que não aceitava a ideia de ter um dispositivo acoplado o tempo todo ao corpo, mas mudou de perspectiva depois de descobrir que uma outra candidata a miss já tinha feito isso. Ela era Nicole Johnson e o concurso era o Miss America de 1999.

Segundo ela, na primeira noite de desfiles uma pessoa perguntou o que era aquilo que era carregava. Após explicar e falar sobre o assunto, ela descobriu que a pessoa também tinha diabetes e que não queria usar a bomba, mas que mudou de ideia depois de vê-la. Isso a emocionou e mostrou que ela poderia fazer por outras pessoas o que a Nicole um dia tinha feito por ela.

Agora com o título ela pretende espalhar por aí mais informações sobre diabetes e sobre a superação de obstáculos.

Mas o que eu mais gostei mesmo de tudo o que eu li foi como ela aprendeu que dava pra ter uma vida normal sim e como não podemos ter vergonha de ser quem somos.

Uma frase dela (muito boa, por sinal) se tornou ícone nas redes sociais:
“Minha mensagem a todos, diabéticos ou não, é que todos nós temos algo que não se adequa aos padrões de beleza estabelecidos pela mídia - e está tudo bem. Isso não faz de você menos bonito”.
E é isso aí, ninguém é mais ou menos bonito só porque não é exatamente como o mídia desenha. Eu nunca tive vergonha de tomar insulina e medir minha glicemia na frente dos outros. Até brinco perguntando: "você desmaia quando vê sangue?". E não teria vergonha nenhuma de andar com uma bomba de insulina pendurada em mim. Primeiro porque minha saúde é prioridade e ganha bonito da opinião alheia. Segundo porque cada um tem que cuidar da própria vida.

Fica a bonita história da Sierra e que ela sirva de inspiração pra muita gente! :)

Fontes:
http://extra.globo.com/mulher/diabetica-ganha-concurso-de-miss-apos-desfilar-de-biquini-usando-bomba-de-insulina-faz-sucesso-na-web-13306006.html
http://missidahoorg.blogspot.com.br/2014/07/wow-wow-wow-where-do-i-even-start-i.html

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário