[Pelo Mundo] O que é e o que faz a JDRF?

Olá, pessoal

Como vocês vem acompanhando pela série "Pelo Mundo", tenho falado muito aqui no blog sobre diabetes nos Estados Unidos. A ideia não é nem comparar onde é melhor e onde não é, mas é também entender o que tem de legal por lá que podemos tentar fazer aqui e aprender a reconhecer o que tem de bacana no Brasil.

E hoje eu vou falar sobre a JDRF, uma associação muito bacana que eu tive que o prazer de conhecer por meio da Amy Montalto, de quem já falei em outro post.



A JDRF é uma organização que tem por objetivo arrecadar fundos para investir em pesquisas focadas em diabetes tipo 1. Eles querem a cura desse tipo de diabetes e enquanto não conseguem isso investem também na melhora da qualidade de vida das pessoas portadoras.

Para isso, colabora com diversas pesquisas. Atualmente, JDRF está patrocinando pesquisas em 17 países onde já investiu mais de 568 milhões de dólares.



No início, a sigla significava “Juvenile Diabetes Research Foundation”, mas entendeu-se ao longo dos anos que o termo "juvenil" já não descrevia mais os portadores da doença. Hoje, nos Estados Unidos, 85% dos pacientes com diabetes tipo 1 são adultos. E assim a associação ficou conhecida apenas como JDRF abrangendo qualquer portador do tipo 1 em qualquer fase e em qualquer idade.

As ações tanto para melhorar o dia a dia do diabetico quanto para encontrar a cura são inúmeras.

No site deles, há informações sobre como é a vida de uma pessoa com diabetes passando pelo diagnóstico, a ida para a escola, a adolescência, a faculdade, a vida adulta e até a gravidez. Tudo com manuais disponíveis para download.


Há ainda kits físicos para recém-diagnosticados com livrinhos, glicossímetros, medidores e outras coisas que podem ser retirados nas sedes ou solicitados pela internet, além de atendimento online, grupos de suporte e orientação de advogados.

Para arrecadar os recursos, eles pedem doações no site e realizam caminhadas com pacientes, amigos e voluntários (as famosas One Walk).



Mais o que eu achei mais legal foi como começou. Duas mães decidiram um dia que não bastava apenas conviver numa boa com a diabetes, que era preciso lutar por algo, que era preciso fazer alguma coisa para melhorar a vida dos filhos delas futuramente. E decidiram que iam juntar dinheiro para investir na pesquisa da cura.

O projeto hoje é bem maior e atende um número gigantesco de pessoas. E começou só com duas pessoas!

Eu vou falar mais sobre a JDRF aqui, principalmente sobre as linhas de pesquisas apoiadas por eles. E vocês vão poder entender como as coisas podem não ser tão inatingíveis assim nem lá nem aqui no Brasil.

Até a próxima!

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário