#DomandoaDiabetes: Exames Periódicos Anuais

diabetes, exames periódicos, exames, anuais
O tema desta semana são os exames anuais. Já falei aqui sobre os trimestrais e os semestrais. O objetivo deste post, assim como nos anteriores, é listar exames que são importantes para entender como o organismo está reagindo ao que fazemos diariamente, mas é claro que a decisão sobre fazer todos eles ou não e a periodicidade pode variar de acordo com as decisões dos médicos que acompanham vocês.

Nos posts anteriores vimos que os exames periódicos trimestrais são mais focados em avaliar o tratamento para ver se está indo tudo bem e se são necessários ajustes. Já os semestrais servem mais para prevenção e diagnóstico de possíveis complicações.

Vamos ver agora que os exames anuais tem a mesma função dos semestrais, mas olhando também para outros órgãos.

Um deles é o fígado que pode ser muito afetado pelo descontrole glicêmico. Além dele, os olhos e os pés também ganham uma atenção nestes exames. No quadro abaixo, fica mais fácil entender o que cada um busca medir. Confira:


Exames Anuais
NomeCuidados para FazerPara que serve?
MicroalbuminúriaPreparação não necessáriaA microalbuminúria ou a relação microalbuminúria/creatinina em uma amostra aleatória de urina é pedida com freqüência em pacientes com problemas crônicos, como diabetes ou hipertensão arterial, que aumentam o risco de insuficiência renal. Estudos mostram que a identificação de estágios muito precoces de doença renal permite que pacientes e médicos ajustem o tratamento. Com um controle melhor da glicemia e da pressão arterial, a evolução da doença renal em diabéticos pode ser retardada ou evitada.
Proteinúria 24 horasPreparação não necessáriaA proteinúria avalia a quantidade de proteínas na urina, usada para monitorar a função renal e para detectar lesão ou doença renal no início. Um exame semiquantitativo utilizando tiras reagentes, que faz parte da urinálise, é usado para triagem da população em geral. Se forem detectadas quantidades aumentadas de proteínas, o exame pode ser repetido em outra ocasião ou ser detalhado com uma dosagem de proteínas em uma amostra de urina de 24 horas.
Taxa de filtração glomerularPreparação não necessáriaA estimativa da filtração glomerular é uma medida da função renal. Os glomérulos são pequenos filtros nos rins que removem resíduos do sangue, evitando a perda de componentes importantes, como células e proteínas. Os rins normais filtram cerca de 200 litros de sangue, produzindo aproximadamente 2 litros de urina. A taxa de filtração glomerular mede a quantidade de sangue filtrada pelos glomérulos em 1 minuto. Quando a função renal diminui devido a lesão ou doença, a taxa de filtração glomerular diminui e os resíduos se acumulam no sangue.
AST, ALT e GGTOs níveis de GGT caem depois das refeições. Portanto, é melhor colher a amostra após jejum de 8 horas. Para os outros, não é necessária preparação.A medida da aspartato aminotransferase (AST) em geral é usada em conjunto com outra enzima hepática, a alanina aminotransferase (ALT), e outros exames para diagnóstico de doenças hepáticas, como fosfatase alcalina, proteínas totais, albumina e bilirrubinas. Todos esses formam um painel de exames denominado hepatograma, útil no diagnóstico das doenças hepáticas. O teste de ALT detecta lesão hepática. Os valores da ALT geralmente são comparados aos de outras enzimas, como fosfatase alcalina (ALP) e aspartato-aminotransferase (AST) para determinar que tipo de doença hepática está presente. A dosagem da gama-glutamil transferase (GGT) pode ser usada para determinar a causa da elevação de doenças hepáticas. Tanto a ALP como a GGT estão aumentadas na doença biliar e em algumas doenças hepáticas, mas apenas a ALP se eleva na doença óssea. Se a GGT estiver normal em um indivíduo com elevação da ALP, a provável causa será doença óssea.
FundoscopiaÉ necessário dilatar a pupila ocular.O exame de fundo de olho (fundoscopia ou oftalmoscopia) consiste em examinar as artérias, veias e nervos da retina através dos meios transparentes do olho (salvo em caso de patologias) que se interpõem entre o médico e a retina. A retina localiza-se na parte posterior do globo ocular e tem como função transformar o estímulo luminoso em estímulo nervoso que permite a visão. Além de propiciar um diagnóstico local, o exame da retina permite avaliar alguns aspectos da saúde do indivíduo de uma maneira geral, concentrando-se especialmente no nervo óptico, nos vasos retinianos e na sua região central, denominada mácula. O exame de fundo de olho é a melhor forma de analisar o estado de nossos vasos sanguíneos sem utilizar um método invasivo.
Exame de Sensibilidade dos PésPreparação não necessáriaA perda da sensibilidade é o principal fator preditivo do desenvolvimento de úlceras nos pés, por isso o exame neurológico regular dos pés de todos os pacientes diabéticos é essencial. Tal exame inclui o teste de sensação vibratória utilizando-se um diapasão de 128 Hz, a sensação dolorosa com um pino, apenas quando a pele estiver intacta, e a sensação profunda com o martelo (pesquisa do reflexo de tendão de Aquiles). Além dessa simples avaliação, o teste semi-quantitativo com o uso de um monofilamento de 10 g (monofilamento de 5.07 de Semmes-Weinstein) é utilizado para determinar futuros riscos de ulceração.

Antes de mais nada, é sempre importante lembrar que os exames não podem e nem devem ser visto como algo ruim. O medo de receber um diagnóstico de uma complicação deve ser substituído pela esperança de reverter um quadro. Quando mais cedo sabemos que algo está errado, maiores são as chances de dar a volta por cima.

Nesta postagem eu não específico exames de diagnóstico como teste de tolerância à glicose e glicemia pós-prandial, além de esporádicos para detecção de complicações como RX para medição de idade óssea e pesquisa de doença celíaca, por exemplo. Nem Peptídio C e Anti-GAD comumente usados para confirmação de tipo de diabetes.

Ou seja, a ideia é que uma pessoa com diabetes tenha em mãos uma listinha dos principais exames que tem que fazer todos os anos para o acompanhamento e a manutenção de um bom tratamento.

Lembre-se de seguir as pílulas do conhecimento nas redes sociais (Face, Insta e Twitter - @adiabeteseeu) com a #DomandoaDiabetes!

Espero que tenham curtido. Na próxima semana vai ter printable com uma listinha dos exames e espaços para marcar as datas em que foram feitos e os resultados. Um jeito super fácil de você arquivar seus dados!

Fontes:
http://www.saude.sp.gov.br/resources/ses/perfil/gestor/homepage//linhas-de-cuidado-sessp/diabetes-melitus/anexos/exameslaboratoriaisderotina.pdf
http://www.labtestsonline.org.br/understanding/conditions/diabetes/start/3
https://pt.wikipedia.org/wiki/Glicos%C3%BAria
http://www.diabetes.org.br/sbdonline/images/docs/DIRETRIZES-SBD-2015-2016.pdf

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário