#MapadoDescasoDMBR: Ouvidoria do Ministério da Saúde

Expliquei no post passado sobre a nova proposta do Mapa do Descaso Diabetes Brasil. Nosso objetivo deixa de ser recolher depoimentos em um formulário independente e assim passamos a ser uma ferramenta de divulgação dos meios oficiais para essas denúncias.

Por que? Porque o barulho tem que ser na fonte do problema e só com registros lá sempre que tivermos um problema é que eles vão perceber que as ocorrências existem!

Além disso, criamos um outro mapa virtual onde são colocados e acompanhados (com status) os protocolos abertos nestes meios oficiais. Veja melhor aqui como funciona!

E o primeiro órgão que queremos que nos ouça é o Ministério da Saúde, responsável pelo SUS. Vamos ver como eles definem o trabalho da ouvidoria deles:

A Ouvidoria é o setor responsável por receber manifestações como reclamações, denúncias, elogios, críticas e sugestões dos cidadãos quanto aos serviços e atendimentos prestados por determinado órgão. O Departamento de Ouvidoria-Geral do SUS (DOGES) recebe as manifestações dos usuários do Sistema de Saúde (SUS) por meio de vários canais como: carta, internet, telefone e atendimento presencial.
O DOGES foi criado em 2003* e integra a Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP) do Ministério da Saúde. Desde então, tem sido um canal democrático de estímulo à participação social, disseminação de informações em saúde e mediação entre o cidadão e os gestores do SUS para suprir e satisfazer as necessidades do usuário. O DOGES organiza as manifestações colhidas que retratam o serviço público, elabora relatórios gerenciais ou temáticos e direciona-os para gestores e organismos de controle social.
Um dos canais para o cidadão entrar em contato com a Ouvidoria é o Disque Saúde 136, onde o usuário pode manifestar suas reclamações, sugestões e elogios, além de solicitar informações sobre saúde, doenças, medicamentos e campanhas realizadas pelo Ministério da Saúde. Para as informações, os teleatendentes dispõem do Banco de Informações Técnicas em Saúde (BITS) com mais de 2 mil conteúdos sobre vários temas de interesse do usuário do SUS. As ligações são gratuitas e podem ser efetuadas de qualquer parte do país. 
O Disque Saúde 136 funciona 24 horas; de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 18h, o cidadão pode falar diretamente com o teleatendente. Fora desses horários, as informações são disponibilizadas pela Unidade de Resposta Audível (URA), com informações gravadas.  
O DOGES tem como objetivo ampliar e consolidar o Sistema Nacional de Ouvidorias do SUS (SNO), ou seja, a formação de uma rede de Ouvidorias que compartilhe a mesma concepção de trabalho eficaz e humanizado, contribuindo para a melhoria do Sistema Único de Saúde.
Veja competências e estrutura do Departamento de Ouvidoria do SUS (Doges) no Art. 38 do Decreto nº 8.901, de novembro de 2016.
*Decreto nº 4.726, de 9 de junho de 2003. 

Entendeu? Então corre lá e fala do atendimento médico do hospital público que não funciona, dos remédios que faltam nos postos de distribuição e até dos glicossímetros que não funcionam. Só não vale ficar calado engolindo sapo.

ouvidoria, ministério da saúde, mapa do descaso, diabetes


E depois manda pra gente seu nome completo, estado, cidade e o número do protocolo no e-mail mapadodescasodmbr@gmail.com e faça parte do nosso mapeamento!

Vem, gente!

Fonte:
http://portalms.saude.gov.br/participacao-e-controle-social/ouvidoria-do-sus

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário