#DomandoaDiabetes: Riscos e Complicações das Hipoglicemias

hipoglicemia, riscos, complicações, diabetes

Neste mês de abril, o tema hipoglicemia foi abordado de diversas maneiras. Primeiro falamos sobre o que é, o que causa e quais são os sintomas. No segundo post, abordamos a maneira correta e mais segura de tratar uma hipoglicemia.

Pois agora, vou tentar explicar um pouco melhor quais são os riscos e as complicações de se ter uma queda nos níveis de açúcar no sangue!

Que a sensação de uma hipo é ruim todo mundo sabe! Mas você sabe o que acontece com o seu corpo quando uma hipoglicemia não é bem tratada ou ainda quando você fica tento hipo atrás de hipo?

O risco imediato de não tratá-la adequadamente e ficar inconsciente. Sim, meus amiguinhos, como já falei nos posts anteriores, a hipoglicemia se caracteriza pela falta de açúcar no organismo, o que faz com todo o seu sistema nervoso vá se desligando. Sem a ingestão rápida e adequada de carboidratos, ele pode dar um off total. Fazendo você desmaiar, convulsionar e até entrar em coma! Ou seja, o risco mais iminente da coisa toda é realmente a morte. E não estou sendo mórbida, apenas realista.
A hipoglicemia grave pode levar a eventos vasculares agudos, incluindo infarto agudo do miocárdio e acidente vascular cerebral isquêmico.
Atualmente a hipoglicemia é considerada como uma das complicações que mais levam a óbito os portadores de DM. Mas, sabe-se que, se o paciente ou pessoa próxima puder identificar os sinais da crise hipoglicêmica precocemente, podem reverter o caso e possibilitar que o portador venha buscar e ser acompanhado pelo atendimento de saúde mais próximo.
Além dessa, que chamamos de complicação aguda da hipoglicemia, há ainda as complicações crônicas, ou seja, aquelas que podem aparecer em decorrência dos episódios repetidos de hipoglicemias, sejam eles brandos (tratados e normalizados rapidamente) ou severos (aqueles em que há perda de consciência).

No estudo The Interface of Child Mental Health and Juvenile Diabetes Mellitus, de Fritsch, Overton e Robbins, citam-se como efeitos neurocognitivos a longo prazo das hipoglicemias: deterioração cognitiva, diminuição da inteligência espacial, a memória tardia, baixo volume de massa cinza inferior na região temporal superior esquerda, e a prazo intermediário: problemas com “atenção seletiva”, e integridade neuronal na parte anterior do cérebro que parece suscetível à hipoglicemia aguda.
Além disto, em pacientes que sofreram recorrentes episódios de hipoglicemia foram encontrados problemas psicológicos como transtornos de humor crônicos, incluindo depressão e ansiedade. 
No entanto, vale ressaltar que pesquisas apontam que essas consequências, quando aparecem, são mais comumente ligadas aos eventos de hipoglicemia na infância:

Alguns estudos mostraram prejuízo de habilidade visoespacial e motora em pacientes com DM1 e história de hipoglicemia recorrente. Os estudos experimentais apontam que o risco de lesão por hipoglicemia é maior no cérebro em desenvolvimento. Estudos clínicos também têm sido mais enfáticos em apontar que hipoglicemias repetidas ou graves, acometendo crianças antes dos 5 a 7 anos de idade podem contribuir para disfunções cognitivas.
Mas fiquem tranquilos! Não significm que todas essas coisas vão acontecer conosco. São só pesquisas e possibilidades! E é bom termos conhecimento para que possamos entender a importância de evitar ao máximo os eventos de hipoglicemia.

Eu me atento mais ao risco iminente, ou seja, não tratar bem uma hipo e acabar ficando inconsciente. Na verdade, acho que esse é o meu maior medo. E sabendo que, às vezes, sozinhos podemos não dar conta de fazer a correção necessária é MUITO IMPORTANTE que todos tenham uma identificação de que tem diabetes. Vale tattoo, pulseirinha, correntinha e, é claro, um cartão de identificação, que pode ficar no bolso da roupa, na bolsa perto dos documentos pessoais, etc.

Eu ia fazer um cartão especial do blog, mas vi tantos tão legais que pensei, pra que, né? Então bora divulgar o que tem de bacana por aí! Todos são gratuitos! É só baixar e imprimir!

Clique aqui para acessar e imprimir

Clique aqui para acessar e imprimir

Clique para acessar e imprimir

Espero ter os ajudado a entender a importância de evitar uma hipo e mais ainda sobre o que são esses eventos e como tratá-los adequadamente! No mês que vem, o tema é Monitoramento Glicêmico! Vai rolar dicas de rodízio dos dedos, printable de um controle pra você fazer em casa e muito mais!

E lembre-se de seguir as pílulas do conhecimento nas redes sociais (Face, Insta e Twitter - @adiabeteseeu) com a #DomandoaDiabetes!

Fontes: 
http://br.monografias.com/trabalhos3/diabetes-mellitus-complicacoes-revisao-literatura/diabetes-mellitus-complicacoes-revisao-literatura2.shtml
http://formsus.datasus.gov.br/novoimgarq/13863/2131429_109700.pdf
http://www.scielo.br/pdf/abem/v52n2/16.pdf

Unknown

Tenho mania de escrever e de ver sempre o lado bom das coisas. Com diabetes desde 2010, acredito que uma vida controlada e divertida é possível sim. Jornalista, creio que posso ajudar os outros a acreditar também. Que saber mais sobre mim? Clica aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário